4 anos da morte do “Padrinho” do Ska

É impossível falar de música jamaicana sem falar de Laurel Aitken. Mento, Calypso, Jazz, Boogle, R&B, Ska, Bluebeat, Reggae, Rocksteady, Skinhead Reggae, Roots, Deejay, Toasting, Lovers Rock… Pode ter certeza que se procurar você vai achar uma canção para cada ritmo e todas interpretadas pelo mesmo artista: Laurel Aitken.

Nascido em Cuba, em 1927, Laurel Lorenzo Aitken, também conhecido como “The Godfather of Ska” (em alusão ao filme O Poderoso Chefão) ou “El Padrinho”, imigrou para a Jamaica aos 8 anos, onde começou a cantar calypso e mento para os turistas, ainda criança. As suas primeiras gravações de calypso e R&B datam de 1952. Na época que o R&B estourou nos Estados Unidos, nascia o ska na Jamaica e Laurel Aitken foi um dos primeiros a interpretar e gravar o ritmo.

Assim como os The Skatalites e vários grandes nomes da música jamaicana, o “padrinho” também estudou na Alpha Boys School… Nos anos 60 começou a fazer rocksteady ainda na Jamaica, e no final dessa década se mudou pra Inglaterra, fazendo fama na capital inglesa e se tornando um dos maiores nomes do reggae bem na época em que o ritmo havia estourado na terra da rainha. Teve ainda canções suas editadas por Prince Buster, Duke Reid e outros…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: